Novembro azul: CAASC disponibiliza exames de PSA gratuitos para os advogados

A Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina realiza em todo Estado, até o final do mês de novembro, a nova edição da campanha para o combate ao câncer de próstata. A iniciativa faz parte do Novembro Azul, movimento mundial de alerta e orientação sobre a doença.

A Caixa está disponibilizando gratuitamente exames de PSA para advogados de todas as cidades. Os locais para a realização dos exames devem ser consultados diretamente com a Subseção, ou ainda no site da CAASC.

De acordo com o Inca – Instituto Nacional do Câncer, no Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pulmão).

“Em 2019 já disponibilizamos gratuitamente 1.500 exames para os advogados catarinenses, e neste ano estamos oferecendo mais 1.500. Adotar hábitos preventivos desde cedo e realizar os exames periodicamente é o melhor caminho para evitar a doença, com alta incidência entre os homens. Assim como fizemos no Outubro Rosa, nossa ação no Novembro Azul é totalmente focada na prevenção”, explica a presidente da CAASC, Cláudia Prudêncio.

Em Florianópolis as coletas serão feitas no Laboratório Santa Luzia durante todo o mês, nas unidades de de Capoeiras, Estreito, Jeronimo Coelho, Madre Benvenuta, Itacorubi, matriz Centro, Baía Sul, SC 401 e Coqueiros. Os agendamentos devem ser feitos diretamente no laboratório.

Câncer de Próstata

Segundo o Inca, muitos homens já com câncer de próstata não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, tais sintomas são parecidos com os provocados pelo crescimento benigno da próstata, como dificuldade de urinar ou necessidade de urinar mais frequente.
Uma dieta com pouca gordura e rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais contribui para a diminuição do risco de desenvolvimento de vários tipos de câncer, entre os quais o de próstata. Trinta minutos diários, no mínimo, de atividade física, redução do consumo de álcool e tabaco também são atitudes recomendáveis.

A detecção do câncer de próstata é feita pelos exames clínico (toque retal) e de dosagem da substância produzida pela próstata – antígeno prostático específico (PSA, sigla em inglês) -, que podem sugerir a existência da doença e indicar a realização de exames complementares de imagens – ultrassonografia ou ressonância magnética -determinando a necessidade ou não da realização de biopsia prostática transretal.

Assessoria de Imprensa da CAASC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *